sábado, 19 de abril de 2014

os meus folares

Andei a fazer folares caseiros para oferecer!
É fácil de fazer e todas nós conseguimos!
Vá, deixem lá a preguiça e vamos meter mãos à obra!
Eu não faço com os ovos por cima, faço só o folar, depois vou cortando as fatias e faço torrada com manteiga!!!
 
Folar de ovos


Ingredientes 4 ovos M
200 ml leite morno
 1 c. de sopa (8g) sal
25g fermento de padeiro
500g farinha de trigo
80g manteiga
100g açúcar
±2 c. de chá (3g) canela
±1 c. de chá (3g) erva-doce
2 ovos cozidos com casca
Receita Dissolva o fermento de padeiro em leite morno e mexa até não ter grumos. Em seguida, bata três ovos e junte-lhes o fermento dissolvido, misturando muito bem.

Junte a farinha com o açúcar, o sal e a manteiga previamente derretida, e amasse tudo até obter uma pasta homogénea. No final, adicione a canela e a erva-doce. Tape a massa com um pano e deixe-a repousar durante cerca de 60 minutos ou até duplicar de tamanho.

Depois de levedada, coloque a massa numa bancada de trabalho polvilhada com uma pitada de farinha, de forma a não agarrar, e retire uma pequena porção, que deverá reservar. Molde o folar em forma de bola ligeiramente achatada e pressione o centro com quatro dedos, formando assim uma cova onde deverá colocar os ovos cozidos com casca. Com a massa que reservou, faça uns cordões para rodear os ovos e coloque-os no folar, pressionando suavemente para selar as duas partes.

Coloque o folar num tabuleiro e deixe levedar tapado durante cerca de 30 minutos, em local o mais quente possível.
Pincele com um ovo batido e coza em forno pré-aquecido a 200ºC durante cerca de 30 minutos.

4 comentários:

PINTA ROXA disse...

Não gosto de folares logo é daquelas receitas que não faço, bom mas se tiveres por ai um fogão a mais...

A Pimenta* disse...

Eu confesso que acho que é daquelas receitas que é preciso ter uma pequena técnica ou segredo para ficar um folar cinco estrelas. Ainda hoje comentava com a minha tia que os folares de antigamente tinham um sabor diferente, melhor. Mas continua a ser daquelas coisas das quais não prescindo na mesa de Páscoa.

Anónimo disse...

O teu folar estava bom , podes fazer e claro lembra de mim outra vez hehehe
bjs amiga G.

Green disse...

Nunca comi disso.