sexta-feira, 15 de abril de 2016

as dúvidas....

Existem dúvidas que nos assistem quase todos os dias....

Se fizemos a escolha certa, se agimos corretamente....

Tive uma proposta de trabalho para full-time, onde ia ganhar mais do que ganho agora em part-time, teria que levar o carro todos os dias pois a condição era que teria que estar sempre disponível para sair tarde todos os dias!

No preciso momento o patrão atual onde já estou há 2 anos, aumentou-me mais 100,00€ e continuo a fazer o mesmo horário, part-time.

A alteração para o novo trabalho iria implicar alterar a nossa rotina por completo, uma vez que o T. também sai sempre tarde, seríamos os dois a chegar tarde a casa, os miúdos possivelmente já não iam
à piscina e eu também não, a mais pequena teria que começar a vir sozinha da escola e nas férias iria passar o tempo em casa sozinha.

Há 2 anos que estou habituada a ter as tardes livres, consigo limpar, sair, tratar das coisas que são precisas, enfim....os filhos têm mais companhia e assistência.

Sei que o dinheiro não é tudo, sei que possivelmente não iria aguentar o ritmo de trabalho, pois iria estar fora muitas horas, iria perder anos de vida no pára arranca das filas...a empresa pelo que foi falado não tem dinheiro para os salários, conseguiu agora um acordo com a segurança social....talvez não fosse uma empresa muito sólida!

A diferença entre ambas era que na nova ia ter contrato e nesta estou a recibos verdes!

A decisão foi tomada e optei por ficar na atual pois sinto mais segurança nesta empresa, sei que a minha filha influenciou esta decisão, sei que a mudança me assustou, sei que se tivesse outra idade teria ariscado mas que agora prefiro jogar pelo seguro....

Mas há dias em que dou comigo a pensar.....será que sair todos os dias tarde era assim um entrave tão grande????? (pareceu-me também que o novo patrão era uma pessoa que para ele nada estava bem)
Será que devia ter aceite?




8 comentários:

C. disse...

vai correr tudo bem, força!

Maria do Mundo disse...

Se te serve de consolo, eu estou a fazer um serviço que odeio (literalmente) para poder ter a hipótese de ir pôr e buscar as minhas filhas à escola todos os dias.

Mary disse...

Pelo que li e na minha opinião acho que fez bem em não aceitar. como disse e muito bem o dinheiro não é tudo na vida.

Urban Cat disse...

Eu cá não me importava nada de fazer part-time, até porque a minha colega faz e a diferença do que ganha não é muita. Adorava ter as tardes livres :)

Meu Velho Baú disse...

São opções que por vezes temos que tomar. Vai correr tudo bem
Bom fim de semana

Green disse...

Escolheste uma coisa, deixa o resto, fizeste a tua escolha e há-de correr tudo bem :)

homem do leme disse...

Provavelmente nunca vais ter resposta para as tuas dúvidas, mas é bem verdade que o dinheiro não é tudo.
Numa época em que toda a gente se queixa de falta de tempo para estar com os filhos, ter essa possibilidade é "uma fortuna". :)

Cláudia disse...

Agora já decidiste, não penses muito mais nos "ses"...
Realmente não era uma escolha fácil. Mas no outro até podia ser uma coisa temporária contra uma coisa que já estás à 2 anos.

E propores ao teu patrão actual um contrato?
Já era uma ajuda...

Beijocas