segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Brad

Dizem as más línguas que o Brad Pitt anda a mal tratar os filhos, que até o FBI (que não deve ter mais nada para fazer) anda a investigar a situação que ocorreu no avião quando ele, a Angelina e os
filhos regressavam de França para Los Angeles.


"Separação do casal mais mediático de Hollywood tem novos desenvolvimentos. A imprensa internacional refere um vídeo onde Brad Pitt aparece sob efeito de álcool durante um voo privado com a família.

"O Brad estava a gritar muito, mas não houve agressão física”, refere fonte anónima à US Magazine.
Outra testemunha referiu que o ator estaria visivelmente sob efeito de álcool e a discutir com Angelina Jolie. O filho mais velho do casal, Maddox Jolie-Pitt, interveio em defesa da mãe, mas a mesma fonte não confirma que tenham existido abusos por parte do ator para com o filho, classificando de “imprecisas” essas suspeitas."
http://www.tvi24.iol.pt/cinema/angelina-jolie/testemunha-garante-que-brad-pitt-nao-agrediu-o-filho

Podem dizer o que quiserem dele...
Podem falar mal...
Continuo a ir beber o café com ele sempre que me ligar... 
tadito agora precisa de um ombro amigo, mas daqui a um tempo vai precisar de mais!!! 

6 comentários:

Cláudia disse...

hahah o teu comentário é um máximo :P

Beijocas

Zé do Pipo disse...

Acho que não é assunto para o FBI. Com tantas nacionalidades a coabitarem debaixo do mesmo teto, parece-me mais assunto para a ONU eheheheheheh.

Estudante disse...

Epááá... acho que já andam a inventar muito ahah :P

Janny disse...

isso agora fala-se muito, e quem conta um conto acrescenta um ponto!

Green disse...

As pessoas não têm mesmo mais nada para fazer da vida. Duas pessoas separaram-se, e depois? Isso acontece todos os dias por todo o mundo e ninguém quer saber... problema deles.

Anónimo disse...

O mundo está como está porque nos dias de hoje não se pode dar um ralhete a um filho ,não se pode dar uma palmada que ficam traumatizados , o ideal é terem tudo menos regras...enfim... depois crescem e ficam assim como os jornalistas que acham que isto é noticia.

amiga F.