sábado, 9 de maio de 2015

às vezes

Para celebrar o Dia Internacional da Língua Portuguesa, Vasco Palmeirim convidou os D.A.M.A para se juntarem a ele numa nova versão de Às vezes...

Às vezes oiço cada coisa e não fico ok
Às vezes leio português que não está bem
Ninguém faz de propósito, eu sei
Mas acontece tantas vezes- ai Jesus, minha mãe. 


Quando há faltas para amarelo
entradas de pé de riste
gente que em vez de "estiveste"
Pergunta "onde é que tu estives-te?" - Às vezes
É deixar o hífen bem sossegado
E não pôr uma vírgula entre sujeito e predicado.


Se eu tivesse poderes, homens e mulheres
não diziam “quaisqueres” – eu sei
que é difícil distinguir o “à” do “há”
para onde é o acento? Qual deles leva o “h”? Oh mãe!


“Há-des” – isto assim nao está bem.
“Salchicha” – dito assim não está bem.
“Devia de haver” – isto assim não está bem
E dizer “tu fizestes” também não está beeeeeem!




Para ouvir a música toda:

Vamos lá esforçarmos-nos para falar e escrever bem!

3 comentários:

TimTim disse...

esta música está brutal xD

Anónimo disse...

Gostei muita da música ,está o máximo!
bj da amiga G.

Green disse...

Está muito bom!!