quinta-feira, 16 de julho de 2015

Alimentação macrobiótica

Embora a alimentação macrobiótica privilegie ingredientes de origem vegetal, ela distingue-se do vegetarianismo, permitindo, por exemplo, a ingestão de peixe, uma a duas vezes por semana. 
Mas não só. Como esclarece Sara Fernandes, nutricionista, «no vegetarianismo, a ênfase alimentar é baseada na exclusão total ou parcial de produtos animais (carne, peixe) e seus derivados (ovos, leite, queijo, iogurte, manteiga, natas e mesmo mel)».
«No entanto, não é dado grande realce ao consumo de cereais integrais que, para além dos vegetais e leguminosas, são o núcleo da prática macrobiótica», refere a especialista. 


Tenho pensado um pouco (pensar muito, cansa!) neste tipo de alimentação, e acho que conseguia adoptar estes alimentos!
A minha irmã falou-me desta reportagem que nos ensina que os alimentos também curam:

11 comentários:

PINTA ROXA disse...

Tive uma colega de trabalho que só comia macróbiotica, ia almoçar muitas vezes a um restaurante no Marquês mas ela era que escolhia sempre e gostava.

Green disse...

Parece-me bastante interessante.

De Sonhos se faz a Vida disse...

Nada como experimentar e ver como o corpo de adpata! :)

SuperSónica disse...

Gosto muito de comdia vegetariana mas retirar o peixe e derivados é que já acho demais...

Cláudia disse...

Eu qualquer dia nem sei que coma.
Aliás, eu basicamente só como frango e peru.
Mas ando bastante numa de vegetais e isso

Beijocas

P' disse...

Acho que também era algo que conseguisse introduzir na minha vida com alguma facilidade :)

redonda disse...

Vou espreitar o link...

Timtim Tim disse...

Já vivi um ano, mais ou menos, a comer assim.

Janita disse...

Lentamente, estou a alterar os meus hábitos alimentares.
Já eliminei o leite de vaca e derivados. Substitui por leite de arroz, aveia e amêndoa, só que este último é demasiado doce!
Barro o pão, de preferência integral, com manteiga de soja!
Não me parece que esteja a perder peso, mas sinto-me mais saudável, pelo que este tipo de alimentação macrobiótica não me custaria nada.
Eliminar peixe e ovos, não, mas a carne passo bem sem ela.

Beijo :)

Gata disse...

Eu não como carne há 10 anos, mas abuso dos doces...

Anónimo disse...

Vegetariana gosto!Macrobiótica não sei não!
bjs amiga G.